Ho'oponopono efetivo, descomplicado e verdadeiro! 9 anos de experiência.

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» MARATONA MUNDIAL DE HO’OPONOPONO – VERSÃO 2017
Sex 29 Set 2017 - 11:14 por Al McAllister

» Sinto muito. Demais!
Qui 13 Out 2016 - 20:40 por Roseli Rodrigues

» Desintoxicação/Catárse/Quimicalização
Seg 26 Set 2016 - 17:26 por Al McAllister

» Ho'oponopono e o não estabelecimento de metas
Ter 30 Ago 2016 - 14:38 por Al McAllister

» O Padrão é Circular...
Dom 14 Ago 2016 - 16:05 por Al McAllister

» Tradução para havaiano
Ter 3 Maio 2016 - 12:13 por Al McAllister

» Iniciando meus estudos
Ter 3 Maio 2016 - 12:01 por Al McAllister

» depoimento
Qua 6 Abr 2016 - 22:15 por Veronica Pereira

» Sobre a escassez
Seg 30 Nov 2015 - 14:17 por Al McAllister

» Novidades 2014
Seg 23 Nov 2015 - 17:40 por Al McAllister

Navegação
Web Site Ho'oponopono

Sessões Virtuais toda terça-feira 21:00 horas, e toda quinta-feira 21:00 horas (horários de Brasília), gratuitas. Acesse a sala virtual clicando neste botão


Reunião virtual Soubem, toda quarta-feira, 21:00 horas - horário de Brasília, gratuita. Acesse através do mesmo botão acima.



Atendimento Particular, escreva para contact@soubemaure.com


Quaisquer dúvidas ou questionamentos escreva para crescent@globo.com







Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ferramentas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Ferramentas em Sab 14 Jun 2014 - 18:43

tania cardoso da silva


Boa tarde Alexander.
Sou muito grata por ter conhecido o Ho oponopono.
Com a prática e aos poucos vou me conhecendo melhor.

Desde de pequena passei até a minha fase adulta por algumas situações que só com o tempo estou tendo a compreensão de alguns aprimoramento que acabei descobrindo com as práticas do Ho oponopono.

A minha infância foi muito marcada com o meu pai que bebia muito e quando chegava em casa começava a entrar em conflito com a minha mãe.
Talvez por minha mãe ter tido 10 filhos eu me sentia carente de amor da minha mãe e meu pai que vivia brigando com ela.
Hoje me sinto que que minha autoestima está baixa... tenho sentimentos de auto rejeição, não merecimento, sentimentos de incapacidade, sensação de não ser boa o suficiente, mágoas, ressentimento... parece que tudo está gravado em algum lugar dentro de mim.

Tenho facilidade em se magoar e dificuldade em perdoar, timidez... por essa carência não consigo firmar um relacionamento... sempre estou só... voltei a trabalhar depois de um tempo parada... não consigo fechar os meus contratos, pois me sinto perdida, enfim... preciso de ajuda para poder me sentir forte. Demorei muito anos pra montar esse quebra-cabeça só agora que descobri tudo isso. Só preciso de orientação.

Muito grata por tudo

2 Re: Ferramentas em Dom 15 Jun 2014 - 15:08

Al McAllister

avatar
Admin
Olá Tânia,

A primeira orientação é: abrir mão da história de que há algo de errado contigo e que precisa se consertar. O seu relato define a sua condição de "vítima", é um desabafo, é como pedimos que as pessoas iniciem seu Pedido de Limpeza

Use a ferramenta "Quem sou eu?" descrita aqui, para expor e poder limpar quem está afirmando isso:


Hoje me sinto que que minha autoestima está baixa... tenho sentimentos de auto rejeição, não merecimento, sentimentos de incapacidade, sensação de não ser boa o suficiente, mágoas, ressentimento... parece que tudo está gravado em algum lugar dentro de mim.

Tenho facilidade em se magoar e dificuldade em perdoar, timidez.

Pergunte; "Quem sou eu que me sinto com baixa autoestima,  que tem sentimentos de rejeição, não merecimento...?". Limpe em cima dos sentimentos que vão se apresentando buscando afirmar essa história... Se pergunte; "Quem sou eu me sentindo perdida e precisando de ajuda e orientação?"

Dica: Como pode uma filha perfeita de Deus se magoar, ter dificuldade em perdoar? 

Abra mão também do querer entender o porquê dessa história, de onde veio, quem fez. Entenda que você não tem um relacionamento satisfatório, sadio, porque este "quem" aí dentro não tem interesse nisso, pois é anátema à "sua" história de vitimização. Assim como a dificuldade em fechar contratos é um sintoma revelando o padrão. Montar o quebra-cabeça é passatempo, é para ocupar a mente e te impedir de enxergar a sua Realidade.

A partir desta Limpeza você começa a se libertar destas identificações com a história. Só tu tem a condição de fazer isso.

Grato por compartilhar da tua limpeza, e fique na Paz.

Al

http://www.soubem.com

3 Ferramentas em Dom 15 Jun 2014 - 20:04

tania cardoso da silva


Boa noite Alexander.
Tenho que limpar esses sentimentos em que momento?
Estou um pouco confusa, como devo limpar.
Grata

4 Re: Ferramentas em Qua 18 Jun 2014 - 10:12

Al McAllister

avatar
Admin
Olá Tânia, não é muito fácil quando estamos tão identificados com a memória "eu" que quer se consertar, quer fazer a Limpeza, realmente... mas por gentileza, re-leia o que escrevi sobre o uso da ferramenta "Quem sou eu?" , ali está explicado o "quando"...

Entenda que a pressa para se conseguir um alívio sempre nos faz sair fora do foco no Agora.. então não enxergamos o que está à nossa frente.

http://www.soubem.com

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum